(51) 98038-3873
Horário de Atendimento (via telefone e WhatsApp)
Seg à Sex: 8h às 17h30
Sacola de Compras

* Calcule seu frete na página de finalização.

* Insira seu cupom de desconto na página de finalização.

02/10/2020

FERRAMENTAS PARA ELABORAR PROJETO ELÉTRICO

elaborar-projeto-elétrico

Qual ferramenta que você utiliza para elaborar o projeto elétrico dos seus clientes? O uso de softwares especializados passou a ser cada vez mais requisitado, já que agilizam o trabalho. Mas você sabe qual é o melhor para você e quais as diferenças entre eles?

Nós vamos falar um pouco mais sobre cada um deles abaixo, assim você consegue escolher o que melhor se encaixa no seu dia a dia e método de trabalho.

Ferramentas para elaborar projeto elétrico

AutoCAD Electrical

Esta é uma ferramenta CAD paga, feita para o projeto de controles elétricos. Ela proporciona ao projetista mais tempo para trabalhar no desenho em si, pois facilita sua jornada na criação de componentes dos equipamentos.

PRO-Elétrica

É um sistema pago, desenvolvido para projetos de instalações elétrica, cabeamento estruturado, SPDA, automação residencial, locação de postes, iluminação de loteamentos e instalação de placas fotovoltaicas.

CadProj Elétrica

O CadProj Elétrica também é pago, e foi pensado para o desenvolvimento de projetos de instalações elétricas (BT) e solução CAD/CAE. O software também faz análises, cálculos e quantificação de materiais.

Revit MEP

O Revit ajuda engenheiros a modelar detalhadamente e coordenar seus projetos com facilidade. Oferece uma versão gratuita para estudantes e uma versão paga para profissionais.

QiElétrico

O QiElétrico é um software nacional pago, elaborado para projetos de instalações elétricas prediais de baixa tensão. Seu diferencial está nos comandos para definição automática de tomadas, condutos, fiação, balanceamento de fases e cálculos luminotécnicos.

Além disso, listamos requisitos básicos que você precisa conferir se a ferramenta possui:

– Software com ambiente de CAD próprio para reduzir custos de licença e problemas de atualização;

– Ambiente de CAD próprio integrado aos cálculos;

– Objetos inteligentes com elementos paramétricos;

– Automatização de processos e desenhos;

– Recursos sólidos de cálculo baseado nas normas técnicas vigentes;

– Cadastro de peças típicas;

– Automatização da geração de lista de materiais;

– Atualização automática dos desenhos e detalhes integrada com as rotinas de cálculo;

– Software com integração de todos os projetos da edificação para facilitar a análise de interferências e compatibilização.

Fonte: WEG Blog Tomadas & Interruptores