(51) 98038-3873
Horário de Atendimento (via telefone e WhatsApp)
Seg à Sex: 8h às 17h30
Sacola de Compras

* Calcule seu frete na página de finalização.

* Insira seu cupom de desconto na página de finalização.

08/10/2020

5 DICAS PARA OTIMIZAR PROJETOS ELÉTRICOS EM CASAS DE PRAIA


 

5 dicas para otimizar projetos elétricos em casa de praia-1

Você mora no litoral ou quer construir um projeto à beira-mar? Então, saiba que é preciso ter alguns cuidados especiais com projetos elétricos em casas de praia.

Isso porque a maresia pode causar alguns efeitos, como a oxidação, danificando materiais elétricos, como os metais, por exemplo.

Pensando nisso, separamos 5 dicas importantes para conservar melhor os materiais elétricos em casas de praia e garantir um projeto de qualidade. Confira a seguir!

 

5 cuidados importantes em projetos elétricos em casas de praia

 

1. Escolha um estilo de decoração adequado

Como a maresia afeta os materiais e diminui sua vida útil, é preciso tomar alguns cuidados redobrados em projetos decorativos como no caso do estilo industrial, onde a fiação e os encanamentos ficam aparentes. O mais recomendado é evitar esse tipo de tubulação em casas de praia.

Além disso, ao escolher os materiais para o projeto, é essencial considerar não apenas os aspectos estéticos ou decorativos, mas sobretudo aqueles que garantem maior durabilidade e resistência, possibilitando a melhor conservação possível dos itens utilizados na parte elétrica.

 

5 dicas para otimizar projetos elétricos em casa de praia-2

2. Utilize os eletrodutos certos

É de fundamental importância que os materiais para os projetos elétricos em casas de praia sejam de alta qualidade. Além disso, eles precisam ser adequados a áreas externas ou locais que recebem muito sol e umidade.

Uma boa opção são os eletrodutos de aço galvanizado a fogo, por serem bastante resistentes e indicados para locais externos, que sofrem a ação do tempo. Você também pode optar pelos eletrodutos de PVC, que não sofrem o efeito da maresia.

 

3. Proteja os cabeamentos de sistemas de áudio e vídeo

As casas de praia muitas vezes são usadas para férias e lazer e, por isso, não é raro o investimento em sistemas de áudio, vídeo e automação residencial. Para manter a qualidade dessas instalações, é preciso proteger os materiais que sofrem a ação da maresia.

Um deles é o cobre, que é comumente utilizado em projetos de instalações de áudio e vídeo, seja no cabeamento ou nos plugs de conexão. Esse metal tem maior tendência à oxidação, de modo que a maresia o deixa escuro e esverdeado.

Por outro lado, os metais oxidados são mais resistentes à passagem de sinais elétricos, podendo representar um empecilho para os projetos de áudio e vídeo. Por isso, nesses casos, é fundamental buscar alternativas que protejam os cabos utilizados na parte elétrica, sem interferir na potência de suas instalações.

 

4. Opte por cabos e plugues tratados contra a oxidação

Uma boa solução para evitar o processo de oxidação nos cabos elétricos em casas de praia são os cabos de cobre estanhado. O produto mantém as propriedades do cobre, mas garante uma camada de estanho para reforçar a proteção dos cabeamentos, impedindo que o oxigênio entre em contato com o metal.

No caso dos plugues e conectores, é recomendável optar por produtos banhados a ouro, que é resistente contra a oxidação da maresia.

Produtos com esses tratamentos são melhor protegidos e podem ser usados em instalações de caixas de som, áudio, vídeo e demais sistemas relacionados à parte elétrica.

 

5 dicas para otimizar projetos elétricos em casa de praia-3

5. Siga as regras da NBR 5410

Uma dica crucial para projetos elétricos em casas de praia é seguir a ABNT NBR 5410, a norma brasileira que define parâmetros e critérios para instalações elétricas de baixa tensão – que são aquelas com tensão de até 1000 V em corrente alternada ou de 1500 V em corrente contínua.

O objetivo da norma é garantir a segurança a pessoas e animais, conservação dos bens e o funcionamento adequado das instalações. Em sua ampla gama de informações, podemos encontrar tópicos, por exemplo, sobre:

  • As influências externas na instalação elétrica;

  • A seleção dos componentes da instalação elétrica;

  • O uso de isolamentos e dispositivos DR para proteção contra choques;

  • O dimensionamento de eletrodutos e condutores;

  • Os quadros de distribuição, iluminação e tomadas.

 

Por isso, para profissionais da parte elétrica e arquitetos que fazem a elaboração de um projeto, é fundamental seguir as orientações da norma. Assim, é possível evitar incêndios, curtos-circuitos, sobrecargas, choques elétricos e demais acidentes que podem se tornar verdadeiras tragédias.

Essas são algumas dicas que você precisa levar em consideração em um projeto elétrico de casa de praia.



Fonte: WEG Blog Tomadas & Interruptores